Mandato – Bebel reafirma que trabalha para Piracicaba gerar oportunidades e qualidade de vida

Professora Bebel afirma que todas as ações do seu mandato na Assembleia Legislativa são focadas tanto na defesa da educação pública de qualidade

 

Neste primeiro de agosto, quando Piracicaba completa 255 anos, a deputada estadual Professora Bebel (PT) reforça que, através do seu mandato popular na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, continuará trabalhando para que a cidade  se desenvolva tanto economicamente como do ponto de vista social,  distribuindo renda e propiciando oportunidades a todos os integrantes da sociedade. Justamente por isso, a deputada Professora Bebel afirma que todas as ações do seu mandato na Assembleia Legislativa são focadas tanto na defesa da educação pública de qualidade como dos serviços públicos e em ações que beneficiam a população, seja nos debates ou através de propositura. “Piracicaba tem um povo trabalhador, hospitaleiro, acolhedor e é preciso que consigamos, por meio da educação pública e demais instrumentos, desenhar um futuro de realizações para todos e todas, com emprego, renda e justiça social”, diz a parlamentar que é nascida no distrito de Artemis e está no seu primeiro mandato de deputada e já teve sua candidatura homologada pelo PT para disputar um novo mandato em dois de outubro deste ano.

No atual mandato, dentro da sua linha de pensamento e atuação, já protocolou 75 projetos de lei, 13 projetos de decreto legislativo, sete projetos de resolução, 13 emendas à Constituição Estadual, 46 indicações, 24 moções, 112 requerimentos, 3.292 emendas e substitutivos, 10 pareceres e cinco projetos de lei complementar, entre eles o que classifica Piracicaba em Município de Interesse Turístico. Além disso, a deputada tem uma forte atuação em plenário, fazendo o enfrentamento às propostas liberais do governo estadual, como a que impediu a venda do Instituto Butantan, responsável por garantir a vacinação contra a covid no Estado de São Paulo.

Além disso, a Professora Bebel tem travado uma forte luta em defesa da educação pública de qualidade, dos serviços públicos, do funcionalismo estadual e das minorias. “Fui a única deputada estadual da região que se colocou contrária à concessão de rodovias da região, com a colocação de praças de pedágios nas SP-304, entre Piracicaba e Águas de São Pedro, e São Pedro e Santa Maria da Serra, assim como na SP-308, entre Piracicaba a Charqueada.  Estas praças de pedágios só penalizam ainda mais a população da região, seja os trabalhadores que por elas transitam, ou os produtos que por elas circulam e encarecem ao chegar à mesa das famílias. Também fui única deputada estadual da região que votou contrária ao aumento do ICMS, quando o então governador João Doria propôs retirar subsídios de diversos produtos, muitos deles que alimentam a população”, conta.

Recursos para a RMP – Defendendo o desenvolvimento da região para garantir melhoria da qualidade de vida, a deputada Professora Bebel votou, na Assembleia Legislativa de São Paulo, pela criação da Região Metropolitana de Piracicaba RMP, que abrange um total de 24 municípios, “mas alertei que é preciso ter um projeto, com recursos e financiamentos para que seja instrumento de desenvolvimento econômico regional pujante, a partir da vocação econômica de cada município e das suas universidades, inclusive com o fortalecimento do turismo cultural, que é imensamente rico na região”.

Para ela, como isso não ocorre, na prática a RPM continua sendo um aglomerado urbano, e, pior, vem sendo usada como trampolim para o governador do Estado, que é candidato às eleições deste ano, uma vez que não conta com orçamento próprio para a implementação de políticas para o seu desenvolvimento, com articulações entre os seus municípios. “A expectativa é de que o futuro governador do Estado garanta os instrumentos para que a Região Metropolitana de Piracicaba possa atuar de fato e isso todos podem ter a certeza de que cobrarei e trabalharei firmemente para que se torne realidade”, declara.

Geração de emprego e renda — Para a deputada, o desmonte das políticas públicas e os avanços sociais conquistados em 14 anos de governos dos presentes Lula e Dilma Roussef foi praticamente total ao longo dos últimos seis anos, nos governos de Michel Temer e Jair Bolsonaro. “Na realidade, em algumas áreas nosso país retrocedeu décadas. A carência da população é total, mas evidentemente a necessidade de sobrevivência fala mais alto. É preciso retomar uma política de geração de emprego e renda. É preciso retomar políticas sociais que permitam ao povo alimentar-se e garantir às famílias o mínimo necessário a uma vida digna. Precisamos fortalecer o SUS, porque a saúde pública – que foi essencial no combate ao período mais agudo da pandemia – sofre com abandono e cortes de verbas. O trabalho de assegurar à juventude educação pública de qualidade precisa ser retomado imediatamente, porque a cada dia em que a educação é negligenciada, fica cada vez mais comprometido o futuro do nosso município, do estado, do país”, diz.

Mais de R$ 10 milhões para Piracicaba — Bebel conta que como forma de ajudar entidades da cidade e da região metropolitana, entre Prefeituras, hospitais, escolas, segurança pública, enfim, para as mais diversas áreas. “Além de garantir recursos através de emendas do meu mandato popular também tenho articulado com deputados federais do meu partido para que destinem recursos para Piracicaba e suas entidades. Só para se ter ideia, para Piracicaba, nesses quase três anos e meio de mandato, já garantimos recursos para a Santa Casa de Piracicaba, Hospital dos Fornecedores de Cana, escolas estaduais, entre elas a Professor Abigail de Azevedo Grillo, Dario Brasil, Affonso José Fioravante, assim como para garantir mais segurança no aeroporto Pedro Morganti, para o Lar dos Velhinhos, para a construção da Delegacia da Mulher, além de melhorias de unidades de saúde da Prefeitura, Hospital Ilumina, entre outras. No total, o montante viabilizado para a região metropolitana, certamente, passa dos R$ 10 milhões”, ressalta.

 

Novo presidente precisa respeitar e servir ao povo — Para a deputada estadual Professora Bebel, o próximo presidente da República precisa, em primeiro lugar, respeitar e servir ao povo. “Precisa revogar a Emenda Constitucional 95, acabar com o teto de gastos e voltar a investir em políticas públicas. Precisa rever programas de privatização de empresas e serviços públicos. Precisa revogar ou as antirreformas impostas por Michel Temer e Jair Bolsonaro, como a reforma trabalhista, reforma da previdência, retirar o projeto de reforma administrativa, valorizar os servidores públicos e investir na extensão e melhoria dos serviços públicos. Retomar as obras de infraestrutura em todo o país. Aprofundar parcerias com estados e municípios e, assim, avançar no regime de colaboração entre os entes federados, previsto na Constituição, em benefício do povo brasileiro. Precisa retomar a posse sobre nossas reservas de petróleo e gás, investindo esses recursos na educação e na saúde e retomar o projeto de organização do sistema nacional articulado de educação. Trata-se de reconstruir o nosso país”, enfatiza a deputada Professora Bebel.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima