Caldeirão Político

NO ESTADO
O que não faltam, nas eleições gerais, são candidatos. Para a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo e para a Câmara Federal, são os deputados que enfrentam a corrida em outubro. E São do Estado de São Paulo e não deste ou daquele município. Parece que os “locais” estão entendendo isso. E se fazem de entendidos, para não desagradar os eleitores que defendem “de Piracicaba”. São mais de 650 municípios, cada um quer seu deputado?

 

ZONA AZUL — I
A Prefeitura de Piracicaba, por meio da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana, Trânsito e Transportes (Semuttran), publicou o edital para licitação do estacionamento rotativo (zona azul). As empresas interessadas terão até 14 de junho para apresentar as propostas, cumprindo o prazo de 30 dias exigido pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE-SP) do edital estar disponível para consulta. Menor oferta é a base.

 

ZONA AZUL— II
O contrato terá duração de dez anos e poderá ser renovado pelo mesmo período. A Pre-feitura prezou por uma série de novidades visando melhor repasse da receita arrecadada pela empresa para o município, que será aplicada em melhorias para a mobilidade urbana.

 

ZONA AZUL — III
Desta forma, o novo contrato definitivo do estacionamento rotativo exigirá a outorga mínima de R$ 7 milhões da empresa vencedora. “Esse será um repasse antecipado para o município, assim como o município de São Paulo realizou no novo contrato de estacio-namento rotativo”, explica a titular da Semuttran, Jane Franco de Oliveira.

 

MORO — I
O ex-juiz federal Sérgio Eduardo Moro (União Brasil, que o abandonou como candidato ao Palácio do Planalto) voltou a atacar o ex-presidente Lula (PT) nas redes sociais, chamando-o de “fascínora e bandido”, dizendo que “prendi pessoas”. Mas, de um modo geral, ele ignora o processo legal, normal de um magistrado que fez o que Moro fez.

 

MORO — II
Vale registrar que, anos depois, o Supremo Tribunal Federal (STF) reconheceu a incompetência da 13ª Vara Federal de Curitiba e a suspeição de de Sérgio Moro, decisões que levaram à anulação das condenações de Lula e à recuperação dos seus direitos políticos. E Lula não foi preso: ele se entregou à Polícia Federal.

 

ESQUENTANDO
Paulo Eduardo, radialista de longas e antigas estradas, está com seu show na Rádio Interiorana esquentando o Inverno que ainda não chegou. O friozinho anima o seu “alô”, através de mensagens pelo WhatsApp (19) 9.9737.7333. Sucesso sempre. E Mova-se Maturidade!

 

INDULTO
O presidente de Honra do PTB, Roberto Jefferson, que está cumprindo pena em prisão domiciliar, espera, do presidente Jair Bolsonaro (PL), o mesmo indulto dado ao deputado Daniel Silveira (PTB), que vai disputar o Senado Federal pelo Estado do Rio de Janeiro. Só que Jefferson quer ser o governador dos cariocas. É mole?

 

UNANIMIDADE
Mais um projeto da Semdettur (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo) emplacado com muito sucesso: a transformação de terreno do Semae em áreas para novas indústrias. Após ficar travado na Câmara desde dezembro, o secretário José Luiz Guidotti Jr. conversou com cada vereador e explicou a relevância da proposta. Resultado: aprovado por unanimidade. Até a oposição, que vota sistematicamente contra todos os projetos do Executivo, decidiu a favor, muitos deles elogiando o trabalho que estamos desenvolvendo. Ótimo!

 

FRACO
O vereador Zezinho Pereira (União Brasil) – ex-líder de governo, agora oposição – relatou “problemas que tem verificado na cidade”, disse, ao informar que está faltando giz para os professores e luvas para trocar os alunos nas escolas do bairro Jardim Planalto. Na segunda (9), durante reunião da Câmara, ele também relatou problemas na Zona Rural, especialmente nos bairros Tupi e Nova Suíça. “Falta vontade política e o prefeito é fraco, demora para tomar decisão”, disse.

 

SORORIDADE
Em ato de sororidade – no sentido de respeitar a atuação de outra mulher –, na segunda (9), a vereadora Rai de Almeida (PT) defendeu o trabalho da secretária municipal de Agricultura e Abastecimento, Nancy Thame, “que tem sido muito atacada”, disse. A petista lembra que o mesmo tratamento não é dispensado aos secretários municipais, homens. “A pasta dela não cuida somente de estradas rurais, mas de outros programas”, defendeu.

 

APOIO
Os médicos da rede pública de Saúde também receberam apoio da vereadora petista. Ela fez uma defesa da categoria “que está com a situação bem delicada”, acrescentou. “São servidores que estão sendo desrespeitados”, disse, ao lembrar que os profissionais pleiteiam, entre outras reivindicações, o aumento do piso salarial.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima