É pelo auxílio que se torna mais leve o peso das próprias provações

Ainda pela madrugada, com os nossos amigos espirituais da Colônia Manto da Luz, é que passei a descrever, todas as informações emocionais, auditivas e visuais deste trabalho Socorrista. Havia um porto com dezenas de embarcações e em diversas ocasiões, durante o tempo todo as energias estavam perfeitamente equilibradas. O espírito presente trazia ante aos olhos, espectros que refletiam a imagem da década de vinte e com grande luminosidade, sorriso e gesto ante a esse espetáculo e em si mesmo a alegria, grandes telas se abrem. Logo somos envolvidos amorosamente e vejo o grande oceano e a embarcação que ali navega, que seguiam pensamentos com fluxo e refluxo. Os tripulantes praticavam excessos e provocando excessos contrários para a própria Existência. Era possível ver cada molécula com as suas propriedades inerentes em virtudes das quais se formou o Universo. Somos todos Um. O que chamamos de Alma, é o conjunto das nossas faculdades intelectuais, ou seja, a consciência, livre da função do organismo que se esvai com a morte. As leis do Universo e da vida são experiências que os sentidos alcançam. E grande luminosidade tomou conta de todo o cenário e já estávamos em uma grande praia.
Caminhávamos pela areia e muitos dos tripulantes ainda com certa confusão mental ali estavam. A personalidade congênita presente alcançava a adaptação inteligente dos meios aos fins. Habitava ali a harmonia de leis, forças e proporções, se manifestando em toda a Natureza. Com o pensamento aflito, cada criatura trazia a sua história, do esforço e das lutas e expressavam as próprias condições do progresso. Era evidente de que, em tudo quanto existe, há uma causa, e, para conhecer-se essa causa, é preciso avançar além da matéria, até a essa Lei viva e consciente. E o Mentor olhou fixamente em meus olhos e me disse. Amado irmão, a Humanidade ainda não entendeu que o auxílio é que tornará mais leve o peso das próprias provações. O Universo em meio a razão, com justiça e amor, está além da força e a Alma é a consciência, o bem e a beleza moral, a única realidade. Uma imensa camada sutil e cintilante como se fossem minúsculas luzes, chegam perfumando e conduzindo todos que ali estavam e quando me dei por conta, já estávamos no Lar terreno.
Amados e queridos leitores. Se a inteligência e o amor do bem e do belo existem em nós, estamos em grau Superior, conectados pelos sentidos das leis que os ligam. Os princípios de uma vida inteira, devem continuar a ser o exemplo, o coroamento de uma nova concepção holística e filosófica. A expressão do que existe no Universo, é força e vida, estado latente que vem desenvolvendo progressivamente com o nosso pensar-sentir-agir, os degraus inumeráveis da escala Superior. E finalizamos estas maravilhosas linhas, refletindo sobre os ensinamentos de Lao-Tsé: “As palavras verdadeiras não são agradáveis e as agradáveis não são verdadeiras”, “É fácil apagar as pegadas; difícil, porém, é caminhar sem pisar o chão”, “Pagai o mal com o bem, porque o amor é vitorioso no ataque e invulnerável na defesa” e “Quem conhece a sua ignorância revela a mais profunda sapiência”. Enfim, na Casa de nosso Pai há muitas moradas. Reflita que a verdade é como um espelho que se partiu em mil pedaços e cada pessoa pegou um pedaço e pensa que tem toda a verdade. Lembre-se que a dor da saudade não se compara com a felicidade do reencontro. E com a amada, querida e estimada Alma gêmea, nossa eterna gratidão. Bom dia e boas energias. Eu acredito em você.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima