Caldeirão Político

ELEIÇÕES — I
Não faltam informações sobre a movimentação dos pré-candidatos a vários cargos da República. A Coronel Dulcinéia, por exemplo, vai ter escritório de campanha em Piracicaba. Ela é pré-candidata a deputada federal pelo PL (Partido Liberal).

 

ELEIÇÕES — II
Não faltam invejosos e inimigos para aproveitar-se da situação do deputado estadual Roberto Morais (Cidadania), com relação a delação. Lamentável que isso ocorra em ano de eleição, já que o assunto é do começo do Século. Morais vai firme em sua inocência.

 

 

ELEIÇÕES — III
Quem deve está dando pulos de alegria é o deputado estadual Antônio Carlos Campos Machado (Avante), presidente do Diretório Estadual, antigo no PTB. É que há indicações de que Edvaldo Brito, presidente do Avante Piracicaba, é pré-candidato a deputado federal.

 

“EX-MINISTRO”
Conhecido e reconhecido como dos jornalistas talentosos, Miromar Aparecido Rosa, o Miro, vai continuar na política, mas não deixará a imprensa local. O “ex-ministro”, como era chamado, de Barjas Negri (PSDB), estreia em abril uma coluna em A Tribuna Piracicabana. Bom para nós, bom para os leitores (com inimigos incluídos).

 

ALEX
Apesar de ter demorado bastante para definir, bem antes os amigos já sabiam que o deputado estadual Alex de Madureira iria mesmo para o PL, o Partido Liberal. Em Piracicaba, terá a concorrência direta do companheiro Rafa Zimbaldi (PL). É que este terá apoio do vereador Laércio Trevisan Junior (PL) e do secretário Adolpho Queiroz, da Semac.

 

TREVISAN
Aliás, o antigo amigo deste Capiau Laércio Trevisan Junior (PL) ficou bravo de vez e virou contra o companheiro de tantos anos. Não, nobre vereador Trevisan, vamos conversar, trocar ideias, discutir temas relevantes e vamos deixar que os processos corram, cada um em sua instância. O Capiau está aberto para o diálogo.

 

MACHISMO — I
Ao falar da necessidade de manutenção em estradas rurais, na quinta-feira (17), o vereador Wagner Oliveira, o Wagnão (Cidadania), disse que “é preciso de um cara que tenha competência de chegar no meio do mato, lá no final da estrada, e se precisar de um banheiro, ele vai no meio do mato, mesmo, não que precisa de uma mulher, por exemplo, que se tiver lá no meio do mato, se precisar de um banheiro, precisa voltar na secretaria”.

 

MACHISMO — II
A fala do vereador está sendo divulgada nas redes sociais como um ato de machismo do nobre parlamentar. Como confidenciou uma leitora da coluna ao Capiau: “que bela homenagem do Wagnão justamente no chamado ‘mês da mulher’, em virtude do Dia da Mulher, celebrado em 8 de Março. Para o Capiau, idoso e cansado, e que já foi várias vezes no meio do mato, fica a dúvida: manutenção de estrada se faz com xixi?

 

COMEMORAÇÃO?
Bolsonarista puro-sangue, o vereador Fabrício Polezi (Patriota) comemorou o fim da obrigação das máscaras. “Hoje é um dia muito feliz para todos nós, ou quase todos, porque enfim fomos libertos dessa obrigatoriedade arbitrária”, disse, na quinta-feira (17), durante a reunião ordinária da Câmara. Contrariando o consenso dos cientistas, o torneiro mecânico “conservador”, como se autodenomina, disse que as máscaras não funcionam.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima