Prefeito faz decreto de três dias de luto pelas vítimas de acidente aéreo

O prefeito Luciano Almeida, durante entrevista coletiva no bairro Santa Rosa, após acidente aéreo que vitimou 7 pessoas, ontem (14). O prefeito permaneceu no local por toda a manhã, acompanhando as investigações e prestando solidariedade aos familiares das vítimas – Crédito: Divulgação/CCS

O prefeito de Piracicaba, Luciano Almeida, decretou luto oficial de três dias no município pelas mortes dos ocupantes do avião que caiu na manhã de ontem (14), no bairro Santa Rosa, após decolar do Aeroporto Municipal Pedro Morganti, por volta das 8h40. Havia sete pessoas na aeronave. Ninguém sobreviveu. As vítimas são Celso Silveira Mello Filho, a esposa dele, Maria Luiza Meneghel, e os três filhos do casal: Celso, Fernando e Camila. O piloto Celso Elias Carloni e o copiloto Giovani Gulo também morreram.
Assim que recebeu a notícia, o prefeito Luciano Almeida se dirigiu ao local e acionou equipes da Prefeitura para o auxílio rápido no resgate. “Lamento profundamente e presto minha solidariedade aos familiares e amigos das vítimas. Ficamos consternados com o acidente e, por isso, decretamos luto oficial no município como forma de prestar nossa homenagem neste momento tão difícil”, disse Luciano.
Celso Silveira Mello Filho era acionista e irmão do presidente do Conselho de Administração da Raízen, Rubens Ometto Silveira Mello. O grupo Raízen emitiu nota oficial de pesar na manhã de ontem.
O avião modelo King Air B250, ano 2019, prefixo PS – CSM, decolou do Aeroporto Municipal Pedro Morganti de Piracicaba e, cerca de 15 segundos depois, por volta das 8h40, caiu em uma área no bairro Santa Rosa, ao lado do Parque Tecnológico.
A Prefeitura montou força-tarefa, que reuniu várias secretarias municipais e o Semae, para ajudar no resgate e para conter as chamas que se alastraram pela vegetação, uma plantação de eucaliptos, após a explosão do avião. A Hyundai, que está instalada próximo ao local do acidente, também enviou brigadistas. Cerca de 100 pessoas trabalham para auxiliar na ocorrência.

SIMESPI 

O Simespi (Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas, de Material Elétrico, Eletrônico, Siderúrgicas e Fundições de Piracicaba, Saltinho e Rio das Pedras), por meio de sua diretoria e associadas, vem manifestar seu mais profundo pesar pelo lastimável acidente aéreo que vitimou o empresário Celso Silveira Mello Filho e sua esposa Maria Luíza Meneghel, os filhos Celso, Fernando e Camila; o piloto Celso Elias Carloni e o copiloto Giovani Gulo, na manhã deste dia 14 de setembro de 2021. As famílias dolorosamente atingidas por essa tragédia têm seu nome marcado na história e no desenvolvimento de Piracicaba. Nossa solidariedade irrestrita neste momento de dor! Euclides Baraldi Libardi, presidente.

COSAN 

A empresa Cosan emitiu a seguinte nota: “Com enorme pesar, a Cosan informa que Celso Silveira Mello Filho estava com a família na aeronave King Air 360 que caiu hoje (ontem), às 10h, em Piracicaba, causando a morte de todos os ocupantes. Celso era acionista e irmão do presidente do Conselho de Administração da companhia, Rubens Ometto Silveira Mello. Também estavam no avião a esposa de Celso, Maria Luiza Meneghel, seus três filhos, Celso, Fernando e Camila, o piloto Celso Elias Carloni e o copiloto Giovani Gulo”.

TRISTEZA E LUTO 

A deputada estadual Professora Bebel, presidenta da Apeoesp, distribuiu à imprensa a seguinte mensagem: “Não há palavras para descrever mais essa tragédia que se abateu sobre nossa cidade. Um avião que partiu do aeroporto Pedro Morgante com destino ao Pará caiu dois quilômetros após, em Piracicaba, no bairro Santa Rosa. A aeronave pegou fogo e levou à morte o empresário Celso Silveira Mello Filho, do Grupo Cosan, sua esposa Maria Luiza Meneghel; seus filhos Celso Meneghel Silveira Mello, Camila Meneghel Silveira Mello Zanforlin e Fernando Meneghel Silveira Mello, além do piloto Celso Elias Carloni e do co-piloto Giovani Dedini Gulo.
Celso Silveira era irmão do presidente do Conselho de Administração do Grupo Cosan, Rubens Ometto Silveira Mello, um dos maiores produtores e processadores de cana-de-açúcar e um dos maiores produtores de etanol do mundo. Meus sinceros pêsames às famílias e a esperança de que encontrem o conforto que for possível de acordo com suas crenças. E a todos os cidadãos da minha querida Piracicaba também minhas condolências e meu abraço”.

ACIPI

Da Associação Comercial e Industrial de Piracicaba (Acipi), mensagem: “É com extremo pesar e profunda tristeza que a Acipi – Associação Comercial e Industrial de Piracicaba – recebeu a notícia do trágico acidente aéreo, envolvendo Celso Silveira Mello Filho, Maria Luiza Meneguel e os três filhos, Celso, Fernando e Camila, além de Celso Elias Carloni e Giovani Gulo. Em nome dos diretores, conselheiros e das 6.000 empresas associadas, os mais sinceros sentimentos aos familiares e amigos”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima