Bolsonaro dobra aposta contra as instituições

Professora Bebel
Ao comparecer a um ato de defensores do AI-5 em frente ao Quartel General do Exército, em Brasília, Bolsonaro avançou mais alguns passos em direção à ruptura das instituições.
A um só tempo, emparedou o Exército, que constitucionalmente se subordina ao poder civil, e vilipendiou os poderes constituídos. E descumpriu o juramento que fez ao assumir a Presidência, de defender a Constituição, nosso projeto jurídico-político de nação.
O repúdio dos presidentes da Câmara dos Deputados, do Senado Federal e do Supremo Tribunal Federal, de 20 dos 27 governadores e da sociedade civil veio pelas redes sociais.
Primeiro, muito me estranha que as instituições estejam indignadas agora. Há pelo menos 4 anos elas funcionam muito mal neste país.
Segundo que não se responde a um ataque dessa magnitude com notas diplomáticas em redes sociais.
O momento exige ação decisiva e corajosa de todos.
O Fora Bolsonaro deve ser objeto de séria e decisiva ponderação por parte daqueles que podem impedir este governo de continuar.
Quantos mortos o Brasil precisará enterrar antes de por fim a tamanha tragédia?

______
Professora Bebel, presidenta da Apeoesp e deputada estadual pelo PT

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima