Capiau de Piracicaba

CANDIDATOS?

Os fofoqueiros de plantão comentam que os ex-prefeitos José Machado (PT) e Gabriel Ferrato (DEM) podem – talvez! – ser candidatos a vereador em outubro. Sem entrar no mérito da estratégia de cada um, seria a maior aula de atividade política que ambos dariam na prática. Com chances de eleição, e mesmo que não cheguem ao coeficiente necessário, Machado e Ferrato mostrariam, ao Brasil, que Piracicaba tem exemplo de ação política. E a Câmara Municipal daria mais um salto de qualidade.

EXEMPLO

Quem deu esse exemplo no passado foi o ex-governador e ex-senador Jair Soares, de Porto Alegre (RS), então no PSD, e voltou à terra natal como candidato a vereador. Também foi ministro da Previdência Social e, como vereador porto-alegrense, Soares presidiu a Câmara Municipal e foi exemplo na Casa. Explicou: “servir à cidade em que nasci e onde vou morrer”. Morreu e ficou para a história, sem dúvida.

VICE

Comentam, os fofoqueiros de plantão, que o ex-prefeito Gabriel Ferrato (DEM) formaria “chapa pura” com o empresário Luciano Almeida (DEM) para prefeito, evitando qualquer intriga com vários outros partidos que apoiam o ex-secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado e do Município. Questão da carruagem política rodar… quem sabe?

ROGÉRIO – I

O secretário do Diretório Municipal do Partido Social Liberal (PSL), advogado Rogério Gonçalves – que apoia o presidente Jair Messias Bolsonaro (sem partido) –, faz críticas às previsões sobre o coronavírus: “Primeiro era fim de março começo de abril. Depois meio de abril. Depois abril maio. Agora, maio junho. Falam até em julho agosto. Vi líder europeu desaconselhando viagens de férias em setembro. Aconselhando colocar grupos de risco por dois anos de isolamento. Políticos sem saber das eleições. Médicos procurando holofotes”.

ROGÉRIO – II

E faz elogio ao presidente Jair Messias Bolsonaro (sem partido): “Um presidente que sabe: sem economia não tem grana para qualquer remédio. Governadores e prefeitos querendo faturar com o povo, imprensa que antigamente falávamos marrom”. Também critica o ministro da Saúde, José Henrique Mandetta (DEM), que fala que “vai piorar”, assegurando que “vai faltar renda e quem puder que gere renda”, e que “o padrão econômico vai descer”. E conclui: “vai piorar aos menos válidos”.

ASSUNTO

O chefe de gabinete do prefeito Barjas Negri (PSDB), “ministro” Miromar Aparecido Rosa, não tem muito tempo mais sobrando. Pouco fala com os amigos sobre pequenos detalhes da vida de jornal e de Política ou política, como queiram. Miro, como é carinhosamente chamado, está correndo, dia e noite, atrás de um assunto só: coronavírus, a Covid-19. É a ordem do “chefe”, fofocas políticas ficam para depois.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima