Charqueada compra 1.000 testes rápidos para detectar doença

A Prefeitura de Charqueada autorizou a compra de 1.000 testes rápidos para identificar possíveis casos de contágio do novo coronavírus (Covid-19). O objetivo principal da compra dos testes rápidos é isolar e dar atendimento adequado a possíveis casos positivos da doença.

A secretária de Governo do município, Valkíria Callovi, lembrou que a cidade está tomando todas as medidas necessárias no combate à pandemia que se espalhou pelo país. “Os testes rápidos devem chegar já na próxima terça-feira”, completou.

Hoje, os exames mais complexos levam entorno de sete a 10 dias para ficarem prontos. O teste rápido é indicado apenas entre o sétimo e décimo dia do início dos sintomas, como febre e tosse. Não é recomendado para uso em toda a população, uma vez que não consegue diagnosticar o início da doença, como explica o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.

“É um teste rápido, mas ele mede o anticorpo. Você teve a gripe, que pode ser de qualquer vírus e, no sétimo dia, a gente fala que a gripe que você está ou que já acabou era causada pelo coronavírus. Esse teste vai ser fundamental para a gente saber se aquela enfermeira, aquele médico ou o profissional de segurança, que teve uma gripe ou que está com uma gripe, testou positivo para coronavírus”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima