Sicoob Cocre: crescimento de 16% e sobras de R$ 15,2 mi

Evandro do Amaral, presidente do Conselho de Administração da Sicoob Cocre – Crédito: Divulgação

A Sicoob Cocre alcançou resultado positivo de R$ 15,2 milhões em 2019, um crescimento de 16% em relação ao ano anterior. Desse total, R$ 6,9 milhões serão aplicados em fundos obrigatórios (Reserva Legal e Fates – Fundo de Assistência Técnica, Educacional e Social), fortalecendo ainda mais a cooperativa, e até R$ 8,3 milhões poderão ser distribuídos a cerca de 13 mil associados diretamente na conta corrente, caso assim seja definido durante a AGO (Assembleia Geral Ordinária), no dia 28 de abril.
Nas instituições financeiras tradicionais, ao final de cada exercício, são gerados os lucros aos acionistas. Por ser uma instituição financeira cooperativa, a Sicoob Cocre, ao final de cada ano, gera sobras que são distribuídas a todos os associados que mantiveram relacionamento ativo com a instituição, conforme participação e de acordo com deliberação da AGO. “Todos os associados que em 2019 tiveram recursos aplicados na cooperativa, mantiveram saldo em conta corrente, obtiveram operações de crédito e compraram nossos produtos, receberão parte das sobras, proporcional às suas contribuições no resultado”, explica o diretor executivo, Nivaldo Camillo de Oliveira.
VALOR AGREGADO 

Segundo o diretor Administrativo Financeiro da Sicoob Cocre, Paulo Massarutto, o balanço social da Sicoob Cocre em 2019 foi de R$ 59,2 milhões. Esse valor agregado compreende a tudo o que o cooperado deixou de gastar, movimentando dinheiro na cooperativa, ou seja: o que ele deixou de pagar em tarifas e o que ganhou a mais em aplicações fazendo parte da Sicoob Cocre. “Se nossos 17,5 mil associados tivessem conta em outra instituição financeira e fizessem as mesmas movimentações que fizeram conosco, juntos, eles teriam gasto quase R$ 60 milhões a mais, o que mostra que é muito mais vantajoso fazer parte de uma instituição financeira cooperativa”, explica.
CRESCIMENTO 

De acordo com o fechamento do exercício, a Sicoob Cocre cresceu 22% no total de receitas geradas no ano passado, passando de R$ 67,6 milhões em 2018 para R$ 82,6 milhões em 2019. Os ativos cresceram de R$ 574,8 milhões em 2018 para R$ 651,9 milhões em 2019, evolução de 13%. As operações de crédito aumentaram 27% neste período, saltando de R$ 225 milhões em 2018 para R$ 286,2 milhões em 2019, e a captação aumentou de R$ 386,6 milhões em 2018 para R$ 485 milhões em 2019, crescimento de 25%.
O número de cooperados aumentou de 14.742 em 2018 para 17.556 em 2019, um avanço de 19%. “No período em que a economia brasileira cresceu 1,1%, registramos crescimentos acima de 20%, o que mostra que estamos acima do mercado e alinhados às expectativas do Banco Central, que espera que as cooperativas de crédito cresçam 20% ao ano. E o mais importante é que poderemos distribuir esse ganho aos nossos cooperados, neste momento de grande incerteza em nossa economia, gerado pela pandemia global que estamos enfrentando com o novo coronavírus”, comenta o presidente do Conselho de Administração da Sicoob Cocre, Evandro Piedade do Amaral.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima