Fórum discutiu as estratégias para inovação na agropecuária

O prefeito Barjas Negri durante a abertura do Fórum Regional de Inovação Agropecuária – Crédito: Ozonio Imprensa

Aconteceu quinta (12) o FIA (Fórum Regional de Inovação Agropecuária), no Anfiteatro do Centro Canagro José Coral. O evento contou com as participações do prefeito Barjas Negri, da coordenadora de Inovação do Ministério da Agricultura, Isabel Regina Carneiro, do coordenador de Inovação do Ministério da Ciência e Tecnologia, Guilherme Corrêa, do presidente da Câmara de Vereadores, Gilmar Rotta, do presidente da Coplacana, Arnaldo Bortoletto, e do gerente do Escritório Regional do Sebrae em Piracicaba, Jonas Eduardo Nicodemo.

Um público composto por produtores rurais, representantes de instituições de ensino de pesquisa, empresas, cooperativas e entidades públicas, além de empresários de tecnologia e inovação e autoridades, acompanhou atentamente as discussões para estratégias com o objetivo de identificar dificuldades e oportunidades para promover o ambiente de inovação na agropecuária.

Barjas Negri, que recepcionou os participantes, disse que eventos como o Fórum são sempre importantes para aumentar a produtividade e gerar novas tecnologias para o agronegócio. “Piracicaba está se tornando um polo tecnológico e essa troca de experiências ajudam o município a se consolidar e ser referência para o país. Temos de buscar inovações tecnológicas para enriquecer e ampliar o agronegócio, para que ele continue sendo sustentável”, disse.

Isabel Regina disse que o Ministério da Agricultura tem como missão para o setor agropecuário e agro em geral, introduzir inovações tecnológicas e esses Fóruns Regionais por Inovação Itinerante, procuram ouvir quais são as dificuldades dos produtores. “Esse evento é uma grande agenda estratégica por inovação nacional, para buscarmos políticas públicas, visando melhorar a renda do produtor, por meio do aumento de sua produtividade”, ressaltou.

Para o presidente da Coplacana, Arnaldo Antonio Bortoletto, o Fórum fortalece as pessoas que trazem novas criações e ideias de soluções eficientes para fortalecer o cenário inovador do agronegócio global.

O gerente do Escritório Regional do Sebrae em Piracicaba, Jonas Eduardo Nicodemo, observou que o Fórum é um importante evento para o ecossistema local, uma vez que a agricultura e pecuária configuram as principais vocações do município e região. “Por meio desse encontro, é possível não só debater sobre as tecnologias já disponíveis para o campo, como também fazer um levantamento das demandas e oportunidades existentes para o desenvolvimento de soluções que contribuam para a riqueza e desenvolvimento econômico e social, fortalecendo o ambiente de inovação, propiciando o crescimento do empreendedorismo.”

Sergio Barbosa, da EsalqTec, ressaltou que o Brasil está vivendo um novo momento chamado de novo agro, baseado em tecnologia, e Piracicaba é referência nacional, com a presença de vários ambientes de inovação, geração de conhecimento e de pessoas envolvidas em pensar tecnologia para o agro.

O Fórum Regional de Inovação Agropecuária foi realizado pela Prefeitura, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Esalq/USP, Coplacana e Sebrae e teve apoio da Afocapi, Avance, Casa do Produtor Rural da Esalq/USP, Conselho Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação (CMCTI), CDRS (Coordenadoria de Desenvolvimento Rural Sustentável), EsalqTec – Incubadora Tecnológica, Faesp/Senar, Fundação de Estudos Agrários Luiz de Queiroz (Fealq) e Sindicato Rural de Piracicaba e Região (Sindirp).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima