Capiau de Piracicaba

PESSOALMENTE

O caldo engrossa, ou não, para outubro? “Pessoalmente”, a vereadora Nancy Thame (filiação ao PV, domingo) comunicou sua saída do PSDB ao prefeito Barjas Negri (líder tucano histórico). Ao afirmar que está à disposição do PV para a próxima eleição, pode dizer três coisas com uma palavra: disposição à reeleição como vereadora, (pré) candidata a vice-prefeita (quem?) e a prefeita. O tabuleiro começa a ser mexido, de forma inteligente e cuidadosa, apesar do tempo já estar com contagem regressiva, pois a 4 de abril termina o prazo legal da “janela” para as filiações partidárias. E – anotem aí – muita água vai passar por baixo da ponte. Nancy está no PSDB desde 2004, com destaque nos diretórios.

IMPRENSA

Quem vive na imprensa há mais de cinquenta anos, ou quem viveu, sabe – no profundo da alma – o quanto é triste sofrer e saber de ataques a jornalistas e donos de meios de comunicação. Ou mesmo dos que, como profissionais, atuam no serviço público, tanto municipal, como estadual ou federal. Tanto é que mais de 70 organizações brasileiras fizeram declaração conjunta pedindo atenção do Conselho de Direitos Humanos da ONU sobre essa situação no Brasil. Este Capiau, idoso e cansado, só tem a lamentar, lembrando que um paraninfo de um curso de jornalismo no Rio Grande do Sul teve que sair com seguranças após discurso em que criticou atitudes de autoridades tupiniquins sobre o tema. Há medo da manifestação do pensamento através da imprensa?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima