Dois Irmãos: Animação da Pixar promete conquistar o público

Crédito: Divulgação

A nova e emocionante animação da Disney Pixar “Dois Irmãos – Uma Jornada Fantástica” é a única estreia  neste final de semana nas telas do Cine Shopping Piracicaba. Contando a jornada de dois irmãos em busca do reencontro com o pai falecido, o filme promete tocar no coração de todos, crianças e adultos. Sete filmes  lançados anteriormente vão continuar em exibição,  como A Hora da Sua Morte, O Homem Invisível, Maria e João – O Conto das Bruxas,  Aves de |Rapina, O Chamado da Floresta. Sonic – O Filme e Dolittle.

HUMOR E EMOÇÃO

Após conquistar o Oscar 2020 de Melhor Animação com “Toy Story 4”, a Pixar traz para as telonas seu mais novo longa de animação que promete conquistar crianças e adultos com uma história cheia de humor e emoção.  Nos últimos 25 anos, a produtora Pixar liderou o ranking  dos melhores e mais  emocionantes filmes de animação. Este “Dois Irmãos – Uma Jornada Fantástica” (“Onward”, no original) atinge um novo patamar, com um “sentimentalismo capaz de comover adultos até mais do que crianças”, conforme definiu um crítico.

A história é ambientada em uma cidade mágica suburbana onde seus habitantes  são elfos, trolls, centauros, sereias e gnomos, e unicórnios são guaxinins e dragões são animais de estimação. Nesse ambiente, dois irmãos elfos adolescentes, Barley e Ian, embarcam em uma extraordinária aventura com sua van para descobrir se seu mundo possui magia para terem um encontro, por um dia, com seu pai que faleceu quando eles eram mais jovens. Barley, o irmão mais velho, é explosivo e gosta de se meter  em confusões. Já Ian, o mais jovem, é introvertido e sempre quis conhecer o pai.  Uma história que certamente irá tocar  no coração de todos. Na versão original as vozes de Barley e Ian são dos atores Chris Pratt e Tom Holland. O diretor Dan Scanlon, que antes havia dirigido a animação “Universidade Monstros” (2013), conta que baseou seu filme em um desejo dele e do irmão de conhecer o pai que morreu em um acidente de carro quando eram crianças.

LGBTQI+

A Disney Pixar entra para a história por trazer pela primeira vez  em sua animação um personagem assumidamente LGBTQI+. A personagem em questão é uma policial chamada Spencer. A presença dela no filme foi  noticiada pelo site da revista “People”. No caso, a sigla LGBTQI+ diz respeito às possíveis  orientações sexuais e ao gênero de um  indivíduo que compõe essa comunidade: L de lésbica, G de gay,  B de bissexuais, T de transsexuais, Q de querer, I de interssexuais e o + para englobar as várias outras possibilidades de orientação e gênero.  A executiva Kori Rae, produtora do filme, falou sobre a inclusão da personagem na animação: “Acabou acontecendo. Quando escrevemos  a cena fazia sentido e era algo que queríamos”.

(Antonio Toledo)

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima