Março tem Mostra de Cinemas Africanos no Sesc Piracicaba

Mostra tem longas e curtas-metragens documentais e de ficção – Crédito: Divulgação

A Sala Sesc de Cinema traz, neste mês de março, a Mostra de Cinemas Africanos fruto de uma colaboração entre  Ana Camila Esteves – pesquisadora dos cinemas africanos, comunicóloga e produtora cultural – e Beatriz Leal Riesco, crítica, pesquisadora e curadora com larga trajetória em festivais de cinemas africanos em diversos continentes.

O público poderá conferir uma seleção de filmes, desde longas e curtas-metragens documentais e de ficção produzidos em países como África do Sul, Quênia, Nigéria e Senegal, além de obras dirigidas por cineastas de origem africana em diáspora, com ênfase na produção contemporânea do cinema africano reconhecidos em grandes festivais e respaldados pela crítica e públicos internacionais.

A Mostra de Cinemas Africanos surge em 2018 com o objetivo de reparar uma lacuna injustificável dentro dos espaços de distribuição e exibição brasileiros de filmes africanos contemporâneos. Tal Mostra busca colaborar para minimizar a situação marginal de filmes africanos em salas comerciais e festivais do Brasil, e estabelecer um diálogo com os conteúdos disponíveis em outras plataformas de difusão. A seleção demonstra a riqueza, criatividade e variedade de formatos de uma cinematografia com mais de meio século de vida.

PROGRAMAÇÃO

Na Itinerância da Mostra de Cinemas Africanos tem em sua programação, neste domingo (1º), às 17h, filmes como: Invencível (Twaaga), com direção de Cedric Ido: Burkina Faso em 1985, é um país com espasmos de revolução. Manu, um jovem garoto que adora histórias em quadrinhos, busca a companhia do irmão Albert. Quando Albert decide passar por um ritual de magia, Manu percebe que existem poderes reais que podem fazer frente aos super heróis; Supa Modo, direção de Likarion Wainaina: Jo, uma garota de nove anos que tem uma doença terminal, sai do hospital para viver seus últimos dias em casa com a mãe e a irmã. Seu único conforto nesse momento difícil é sonhar em ser uma super-heroína. A família de Jo e a comunidade local tentam tornar seu sonho possível. Local: Teatro do Sesc. Grátis. Livre, com retirada de ingressos com uma hora de antecedência.

Na terça-feira (3), às 20h, é a vez de Kasala!, com direção de Ema Edosio: Um jovem de um subúrbio de Lagos pega o carro de seu tio para se divertir com os amigos. As coisas se complicam quando eles têm um acidente e apenas cinco horas para coletar dinheiro e consertar o dano antes que seu tio retorne. Uma comédia em ritmo acelerado que, segundo a própria diretora, é um reflexo de sua vida na Nigéria. Teatro do Sesc. Grátis. 14 anos. Retirada de ingressos com uma hora de antecedência.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima