Peça teatral aborda dilemas dos relacionamentos contemporâneos

Priscila Fantin e Bruno Lopes, hoje, no Teatro Losso Netto – Crédito: Divulgação

 

Como falar de amor sem dizer eu te amo? É a partir dessa pergunta retórica que Priscila Fantin e Bruno Lopes buscam, durante a comédia romântica “Precisamos falar de amor sem dizer eu te amo”, novas formas de abordar o tema. Escrita por Wagner D’Ávila, a peça trata os dilemas dos relacionamentos contemporâneos por meio da história de dois viúvos que, cansados da solidão, decidem se aventurar e conhecer pessoas em um aplicativo de encontros. A apresentação acontece nesta sexta (14), às 21h, no Teatro Municipal Dr. Losso Netto.

 

Os ingressos custam a partir de R$ 30 e estão disponíveis na bilheteria do teatro e no site MegaBilheteria.com, a produção local da Ferreira Eventos Culturais, que neste ano comemora 10 anos de produções culturais pelo interior de São Paulo. No espetáculo, Bento (Bruno Lopes) divide seu tempo entre a criação da filha de 5 anos e a tentativa de uma carreira na internet. Após anos sozinho, colecionando desilusões amorosas, ele se inscreve em um aplicativo de encontros para viúvos e lá conhece a excêntrica Pilar (Priscila Fantin), uma jovem guarda de trânsito decidida a reiniciar a vida após um período de isolamento social. Completos opostos, os dois sentem uma inesperada ligação que os une e que pode provocar mudanças significativas em suas vidas.

 

O público se identifica com o texto leve e cotidiano e risadas gostosas aparecem durante a peça que tem um final surpreendente e de tirar o fôlego. “A reação das pessoas é o que nos enriquece. Observar o público se divertindo, chorando, pensando, questionando é a nossa motivação. Poder ver os olhos de quem nunca foi ao teatro, encantados com o que está acontecendo no palco é algo que não dá para descrever”, destaca Priscila.

 

Pilar e Bento são jovens viúvos, que se conhecem virtualmente, quando decidem se aventurar em um aplicativo de paquera. A peça começa no momento do primeiro encontro e os personagens dividem seus pensamentos, dúvidas e particularidades com a plateia, que já se sente cúmplice na história desde o primeiro momento, acompanhando o início desse relacionamento como velhos conhecidos na sala de casa. Apesar de ambos terem personalidades peculiares, a identificação relativa à insegurança e à angústia de como se mostrar para o outro ė comum a qualquer pessoa. Num momento em que as redes sociais vão muito além de ser um cartão de visita e as relações ficam cada vez mais efêmeras, o casal de protagonistas levanta, abusando da irreverência, a questão: o que é o amor?

 

SERVIÇO

Precisamos falar de amor sem dizer eu te amo: hoje, às 21h. Local: Teatro Municipal Dr. Losso Netto. InfoWhats: (14) 9.9833-6199.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima