Campanha contra Aedes Aegypti inicia com pulverização em residências

Fotos: Priscila Alves / Prefeitura de São Pedro
Equipe da Secretaria de Saúde faz o trabalho de orientação a moradores

Na semana passada teve início uma campanha ainda mais ativa contra o mosquito Aedes Aegypti, transmissor de doenças como dengue, zika vírus, chikungunya e febre amarela. Agentes de saúde da Prefeitura de São Pedro estão indo de porta em porta alertando moradores e pedindo o apoio para que deixem a equipe pulverizar suas casas.

Os bairros Recanto das Águas, Botânico e São Tomé foram os primeiros a receberem esta ação. “A ideia é eliminar água parada, não deixar o mosquito nascer”, explica o veterinário Matheus Murbach, do Controle de Vetores da Secretaria Municipal de Saúde e Desenvolvimento Social.

A pulverização, para ter maior efeito, tem que ser realizada de casa em casa, principalmente nestes locais, onde há pessoas com diagnóstico de dengue confirmado. “Temos a obrigação de um pensamento global. Às vezes achamos que não tem foco em nossa casa, mas não sabemos, porque muitas vezes as larvas estão em lugares que nem imaginamos. Deixar entrar os agentes, que inclusive já são conhecidos por nós, é mostrar amor a nossa família. É dever de todos nós combater o mosquito”, disse Roberta Gomes de Oliveira, moradora do Recanto das Águas.

Os maiores casos e epidemias das doenças transmitidas pelo mosquito  ocorrem no período das chuvas, de outubro a março, em razão das condições ambientais estarem mais propícias ao desenvolvimento dos ovos. No entanto, é importante manter higiene e ter cuidado com todos os locais que podem acumular água parada em qualquer época do ano, pois os ovos são resistentes à dessecação e podem sobreviver no meio ambiente 450 dias, bastando pouca quantidade de água como uma pequena poça para que haja a eclosão das larvas.

Febre alta súbita, dor de cabeça e dor no corpo e articulações, náuseas e vômitos, manchas vermelhas no corpo e coceira são os sintomas mais comuns da dengue. Em caso de suspeita, o paciente deve procurar sua Unidade de Saúde de referência. Todas as UBSs do município estão preparadas para fazer coleta de sangue para exame e hidratação do paciente.

 

Ação de pulverização começou pelos bairros Recanto das Águas, São Tomé e Botânico

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima