XV de Piracicaba busca primeira vitória no Paulistão A2

Nhô Quim vai a São Caetano do Sul enfrentar os donos da casa – Crédito: Vitor Prates

 

Se a maratona de jogos dentro do calendário do futebol brasileiro, logo no início da temporada, tem suas desvantagens, ela também lhe apresenta oportunidades, como a recuperação em um breve espaço de tempo entre uma rodada e outra. Com este pensamento, o XV de Piracicaba vai a São Caetano do Sul enfrentar os donos da casa, às 20h, na quarta (29), no Estádio Municipal Anacleto Campanella, em busca da primeira vitória no Paulistão A2 2020.

 

Quarto colocado em 2019 e finalista da última edição da Copa Paulista, os responsáveis pelo departamento de futebol profissional do Nhô Quim se mexeram na pré-temporada, fizeram nove contratações e mantiveram boa parte do plantel que realizou boas apresentações no ano passado, quando Raphael Macena foi o goleador máximo, com 14 gols anotados. O atacante reconhece o começo inesperado na atual temporada, que conta com uma derrota e um empate.

 

“A expectativa já era alta por conta das campanhas que fizemos na última A2 e na Copa Paulista. Com certeza, não esperávamos esses dois resultados, até porque tínhamos uma meta de pontuação para esses quatro jogos iniciais, que antecedem nossa estreia na Copa do Brasil. Deixamos isto escapar e temos que recuperar o mais rápido possível, porque, mesmo ainda sendo começo de campeonato, precisamos começar a pontuar o mais rápido possível”, avaliou.

 

Os placares citados pelo camisa nove quinzista foram a derrota por 2 a 0 para a Portuguesa, no Canindé, e o empate por 2 a 2 com o Audax, no Barão da Serra Negra, no último sábado. Com relação à estreia na Copa do Brasil, também mencionada por Macena, ela acontece no dia 5 de fevereiro, às 20h30, contra o Londrina, em Piracicaba. XV e São Caetano se reencontram após decidirem a Copa Paulista no final do ano, com o clube do ABC levando a melhor.

 

“Sabemos a dificuldade de jogar lá. Será uma grande partida. Por mais que as duas equipes ainda não tenham embalado na competição, são dois times muito fortes. A Copa Paulista já passou, ficou para trás, agora é uma outra situação. Temos que nos manter tranquilos, pois a hora que as vitórias começarem a surgir as coisas vão fluir naturalmente”, comentou Macena, que anotou o primeiro gol do Nhô Quim no estadual ao abrir o marcador diante do Audax.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima